quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Serendipity - casos famosos.

Arquimedes
Arquimedes (287-212 a.C.), o grande matemático e inventor grego, tomava seu banho imerso em uma banheira, quando teve o que hoje chamamos de um insight e, repentinamente, encontrou a solução para um problema que o atormentava havia tempos. Seria a coroa do rei de Siracusa realmente de ouro? Dizem que Arquimedes teria saído à rua nu gritando: Eureka! Eureka! (Encontrei!). Ele havia descoberto um dos princípios fundamentais da hidrostática, que seria conhecido futuramente como o "Princípio de Arquimedes".
Kekulé
O químico alemão August Kekulé (1829-1896) adormeceu na plataforma enquanto esperava o ônibus que o levaria à sua casa e sonhou com uma cobra que mordia o seu próprio rabo (Ouroboros), rodopiando numa roda desenfreada. Segundo ele, foi esse sonho que o inspirou no entendimento de como os átomos do anel benzênico se ligavam entre si, princípio básico da química orgânica.
Alexander Fleming
Ao se preparar para entrar em férias por duas semanas, Alexander Fleming inoculou estafilococos em uma bandeja e, ao invés de colocá-la na incubadora, como normalmente fazia, resolveu deixá-la sobre a bancada. No andar de baixo do laboratório de Fleming trabalhava um perito em bolores que cultivava, entre outros, os esporos de um fungo desconhecido, o Penicillium notatum. Imagina-se que os esporos, muito leves, tenham sido levados pelo vento e estavam flutuando em grande quantidade no ar do laboratório de Fleming, cuja porta sempre ficava aberta. Retornando das férias, e encontrando o laboratório em grande desordem, Fleming começou a fazer uma limpeza geral. Repentinamente, uma das bandejas de estafilococos que estava prestes a ser desinfetada chamou-lhe a atenção. A placa apresentava uma larga zona clara totalmente desprovida de estafilococos, justamente a parte que estava cercada pelo mofo Penicillium. Fleming havia descoberto a penicilina, primeira droga capaz de curar inúmeras infecções bacterianas.
Galvani
Em seus estudos, dissecando rãs em uma mesa enquanto conduzia experimentos com eletricidade estática, um dos assistentes de Galvani tocou em um nervo ciático de uma rã com um escalpelo metálico, o que produziu uma reação muscular na região tocada sempre que eram produzidas faíscas em uma máquina elétrostática próxima. Tal observação fez com que Galvani investigasse a relação entre a eletricidade e a animação - vida. Por isso é atribuída a Galvani a descoberta da bioeletricidade. A própria palavra eletricidade vem de um relato do filósofo grego Tales de Mileto:ao se esfregar âmbar com pele de carneiro, observou-se que pedaços de palha eram atraídos pelo âmbar. A palavra eléktron significa âmbar em grego.
Lítio
John Cade era um desconhecido psiquiatra australiano que perseguia a crença de que pacientes maníacos excretavam ácido úrico altamente concentrado. Para testar sua hipótese, Cade injetava um preparado que fazia a partir da urina dos pacientes em cobaias. Havia, no entanto, sérios problemas de solubilidade nas amostras usadas e, para resolver esse entrave, Cade passou a usar urato de lítio. Inesperadamente as cobaias ficavam calmas e passivas durante os experimentos, contrastando com seu comportamento usualmente agitado e arredio. O urato de lítio, revelou uma das maiores revoluções na psiquiatria moderna. A partir daí Cade ainda fez testes em humanos em casos extremamente graves de mania aguda. Até hoje, mais de cinqüenta anos depois, o lítio permanece como um dos principais tratamentos para pacientes com mania grave, graças aos inesperadamente calmos porquinhos da índia observados pelo Dr. Cade.

Fonte:  http://vilamulher.terra.com.br/beth15939/serendipity-9-428339-5288-pf.php

3 comentários:

  1. Gostei do jeito que usou pra ilustrar o nome do blog, sera que aquela flor de nome peonia, uma das mais belas que ja vi, foi descorberta ao acaso? parabens e seja bem vinda!!!!!!!!!!!!!!!!! bjs no coração!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Que maravilha ter vc como meu seguidor Lion!
    Obrigada de todo coração.
    Esse blog foi criado exclusivamente para meu prazer, um espaço onde o escrever funcione para mim como uma catarse, um gozo, um grito, uma gargalhada... enfim sentimentos vários!
    Não tenho a pretensão de ter muitos seguidores, mas gostaria muito da presença de amigos especiais e queridos, como vc!
    O blog tá ficando a minha cara, mas aos poucos.
    Inicialmente procuro explicar a beleza e essência do nome do blog: Serendipity.
    Esse é o motivo das postagens iniciais. A partir da quarta postagem já irei pra outros caminhos... rsrsrsrs
    Será?! Responda-me vc: a descoberta dessa flor foi à maneira "serendipity"?! rsrsrsrs
    Beijos queridaço!

    ResponderExcluir
  3. Paramnésia reduplicativa: Esta é uma desordem rara e natural no qual me encontro em momentos de eplepsia estática.Talvez vc seja um sonho ou realidade paralela das minhas fantasias,mas de toda forma te adoro....

    ResponderExcluir