terça-feira, 10 de maio de 2011

Esperemos

"Há outros dias que não têm chegado ainda,
que estão fazendo-se
como o pão ou as cadeiras ou o produto
das farmácias ou das oficinas
- há fábricas de dias que virão -
existem artesãos da alma
que levantam e pesam e preparam
certos dias amargos ou preciosos
que de repente chegam à porta
para premiar-nos com uma laranja
ou assassinar-nos de imediato."


Pablo Neruda

11 comentários:

  1. mas sem esperar muito,porque o tempo corre e não espera ninguém,talvez o dia que tanto esperamos,pode ser o dia de hoje para ser a diferença! :)
    Linda citação de Neruda!
    Um beijo,Pê*

    ResponderExcluir
  2. Este homem era um VISIONÁRIO e sempre sabia o que estava por vir...
    Que belas palavras você escolheu para postar, amiga!
    Um enorme abraço

    ResponderExcluir
  3. Peônia...os poemas de Neruda me arrepiam dos pés a cabeça... sinto cada linha que escreve, esse gênio das palavras!

    Linda escolha!

    Um beijo com o desejo de um lindo dia!

    ResponderExcluir
  4. Pe, os poemas de Neruda são espetaculares.
    Esse, em especial, é incrível! Sempre se pode esperar algo mais dos dias que virão... Lindo!
    Um beijo enorme minha querida!
    Déia

    ResponderExcluir
  5. Ah Pablo Neruda, leveza em palavras!

    Beijo doce, Peônia, e uma linda semana!
    Fiques com DEUS!

    ResponderExcluir
  6. Neruda, maravilhoso!

    Beijos Peônia

    ResponderExcluir
  7. Há esperas que têm um peso danado...
    (Esteve muito bem em trazer Neruda.)

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  8. Nuncaa se sabe o dia de amanhã!
    Mas que poema fortíssimo de Neruda!

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pela linda postagem e pelo bom gosto, beijos.

    ResponderExcluir
  10. Amei, seus espaços
    tão bem cuidados.
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Que cheguem então bons dias, repletos de felicidade e gente boa para dividirmos o que a vida tem de melhor. Beijo! Aparece por lá!

    ResponderExcluir