domingo, 26 de junho de 2011

I dreamed a dream

foto
Imagem: flickr.com

Sonhei um sonho

Com o tempo já acabado
 
Quando a esperança era alta

E viver valia à pena

Sonhei que esse amor

Nunca morreria

Sonhei que Deus perdoaria

Que eu era jovem e destemida

Quando sonhos foram feitos

E usados e desperdiçados

Não houve resgate a ser pago

Nem canção não cantada

Ou vinho não provado

Mas os tigres vêm à noite

Com sua voz suave

Como um trovão

Como eles despedaçam

Sua esperança

Transformando seus sonhos

Em vergonha

E ainda assim

Sonhei que ele veio até mim

E que viveríamos os anos juntos

Mas há sonhos

Que não podem ser

E há tempestades

Que não podemos prever

Eu tive um sonho

Que minha vida seria

Tão diferente deste inferno

Que estou vivendo

Tão diferente daquilo que parecia

E agora a vida

Matou o sonho

Que eu sonhei.

  
Do musical "Les Miserables". 

14 comentários:

  1. Muito lindo mesmo esse poema, parabéns pela postagem.Beijos

    ResponderExcluir
  2. A esperança é que a vida tenha matado só um dos sonhos sonhados e que muitos outros ainda virão carregados de chances de realização.
    Melodia e letra lamentam tão poeticamente que embora se sinta o pesar, ainda assim louvamos o cantar.
    Belíssima!!
    Bjos, Flor,
    Calu

    ResponderExcluir
  3. A vida não é constante nem estática.
    O que sentimos hoje não é o que sentiremos amanhã, bem provavelmente.
    Qualquer sensação de desesperança hj..poderá mudar completamente amanhã.
    Isso é o que me encanta na vida..as eternas surpresas.,....

    bjkas
    Ma

    ResponderExcluir
  4. Lindo poema Peônia!
    A vida é mutável, ela segue o seu curso, e é isso que é o bom da vida.
    Beijokas e boa semana.

    ResponderExcluir
  5. Lindo, Peônia!
    Esse musical é maravilhoso... Uma história comovente de superação.

    Bjs querida e uma semana abençoada p/ vc,

    Tânia Camargo

    ResponderExcluir
  6. A vergonha está nos maus sentimentos, jamais no amor patético. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  7. Belo demais!!!!

    boa semana querida....


    bjo!


    Zil

    ResponderExcluir
  8. me acuerdo de susan boyle (antes de la transformación), con estos versos.

    ResponderExcluir
  9. Amiga, como siempre, un placer volver por tu casa.

    Saludos y un abrazo.

    ResponderExcluir
  10. Também vivo um sonho, só que em realidade. É tão bom! Por mais que seja difícil às vezes, mas o amor me conforta, me faz querer sempre mais. Beijo querida!

    ResponderExcluir
  11. Mas por vezes conseguimos... e nessa altura é o sétimo céu!!

    ResponderExcluir
  12. A morte de um sonho é o nascimento de outro - melhor. Longa é a estrada a percorrer... Boa semana; bjs!

    ResponderExcluir
  13. Lindo poema, Pe!
    Morte e vida caminham lado a lado sempre... E tudo se renova constantemente...E nisto reside a beleza e magnitude da vida.

    Um grande beijo minha querida!
    Déia

    ResponderExcluir
  14. Um lindo poema!
    Não percas nunca a capacidade de sonhar amiga.
    Bjs

    ResponderExcluir