sábado, 11 de junho de 2011

O Amor! (Omaggio a un arcangelo)


"Quero apenas cinco coisas...
Primeiro é o amor sem fim
A segunda é ver o outono
A terceira é o grave inverno
Em quarto lugar o verão
A quinta coisa são teus olhos
Não quero dormir sem teus olhos.
Não quero ser... sem que me olhes.
Abro mão da primavera para que continues me olhando."


Pablo Neruda

12 comentários:

  1. A poesia dele invade-nos e toma-nos por dentro!

    ResponderExcluir
  2. Neruda e Drummond, composição perfeita para embalar os corações nesse dia dos namorados!

    Um beijo, minha flor Peônia!

    Bom final de semana!

    ResponderExcluir
  3. Que lindo!

    "...Abro mão da primavera para que continues me olhando."

    Tão encantador!

    beijo,

    bom fds!

    ResponderExcluir
  4. Perfeita combinação para o post,Drummond,Neruda...tão sensíveis em teus escritos!

    "Não quero ser... sem que me olhes.
    Abro mão da primavera para que continues me olhando." Perfeitoo,um olhar pode significar tanta coisa :)
    Beijo,Pê!

    ResponderExcluir
  5. Amo o Neruda!

    Olha só a intinidade com que falo, belo post, agradeço a visita.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. O livro Cem sonetos de Amor de Pablo Neruda é muito lindo. Eu recomendo. Uma bela postagem. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  7. Neruda é mágico! Feliz dia dos namorados; bjs!

    ResponderExcluir
  8. Neruda sempre foi forte, intenso... imenso...
    Abarca nossa alma com violência e serenidade ao mesmo tempo e daí fica tudo em equilíbrio perfeito.
    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Eterno amor... Todos buscamos... Bom é encontrá-lo logo e aproveitá-lo nos braços da paixão. Nesse friozinho aconchegante... Hummm que delícia! Feliz Dia do Amor!

    ResponderExcluir
  10. Par perfeito em qualquer dia, mas hoje, ganha especial significado;é um presente para os enamorados.
    Cheguei,bela flor. Agradeço tua companhia e garanto-lhe a minha.
    Já percebi que teremos muitas "conversas" pela frente. Que bom!
    Bjinhos,
    Calu

    ResponderExcluir
  11. Muy bella la poesía de Pablo Neruda,
    mi favorito, gracias por compartir.
    un grato placer leerte.
    que tengas una feliz semana.
    un abrazo.

    ResponderExcluir