sábado, 27 de agosto de 2011

Necessità...

                        Imagem: Google

"Preciso sim, preciso tanto.
Alguém que aceite tanto meus sonos demorados quanto minhas insônias insuportáveis.
Tanto meu ciclo ascético Francisco de Assis quanto meu ciclo bukovskiano.
Tanto faz, e sem dizer nada me diga o tempo inteiro alguma coisa como eu sou o outro ser conjunto ao teu, mas não sou tu, e quero..." 


Caio F. Abreu

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Sobre o arrepio

                           Imagem: Google


“O arrepio é quando,
por serem tão leves,
seus dedos conseguem,
em cada um dos meus poros:
soerguer uma flor.” 


Rita Apoena


quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Desejos

                           Imagem: Google

"Quero domingos de manhã.
Quero cama desarrumada, lençol, café e travesseiro.
Quero seu beijo.
Quero seu cheiro.
Quero aquele olhar que não cansa, o desejo que escorre pela boca e o minuto no segundo seguinte:
nada é muito estranho quando é demais." 


Caio F. Abreu

domingo, 14 de agosto de 2011

Sogni...

                           Imagem: Google


“Na vida, não podemos desistir de
sonhar...
Como viver sem um sonho lindo,
um paraíso a alcançar?
A gente sonha...

Às vezes, os sonhos que sonhamos

não são possíveis,
pelo relógio que marca a nossa hora...

No entanto, quando o coração
entrega-se à Vida,
o Universo responde ao nosso sonho,
do seu jeito, no seu tempo...

...E o que parecia impossível,
naquele lugar, daquele modo,
naquela hora,
se realiza em outra face
de nossa Infinita Realidade..."

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Szerelem...

                                  Imagem: Arquivo pessoal

"Deixa eu te dizer: você cresceu em mim de um jeito completamente insuspeitado, assim como se você fosse apenas uma semente e eu plantasse você esperando ver uma plantinha qualquer, pequena, rala, uma avenca, talvez samambaia, no máximo uma roseira, é, não estou sendo agressivo não, esperava de você apenas coisas assim, avenca, samambaia, roseira, mas nunca, em nenhum momento essa coisa enorme que me obrigou a abrir todas as janelas, e depois as portas, e pouco a pouco derrubar todas as paredes e arrancar o telhado para que você crescesse livremente."

Caio Fernando Abreu

sábado, 6 de agosto de 2011

Gratitudine

                                            Imagem: Arquivo pessoal 

"Teu bom pensamento longínquo me emociona.
 Tu, que apenas me leste, acreditaste em mim, 
 e me entendeste profundamente.
 Isso me consola dos que me viram, a quem mostrei toda a minha alma,
 e continuaram ignorantes de tudo que sou,
 como se nunca me tivessem encontrado."

Cecília Meireles

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Omaggio a un ragazzo acqua

                                                    Imagem: Arquivo pessoal
 

"Procuro uma coisa que não tem nome.
Já a encontrei nas águas de algumas corredeiras, 
no topo e nas encostas de certas montanhas, 
nas nuvens de alguns ares, 
no mato fechado que guarda alguns vales, 
nas profundezas dos oceanos.
Já a encontrei vezes e vezes -
Só não encontrei seu nome.
Voltarei à água, ao ar, à terra, ao mar,
voltarei até descobrir."

Autor desconhecido

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

La mia anima...

                           Imagem: Google 

 “Minha alma tem o peso da luz.
Tem o peso da música. 
Tem o peso da palavra nunca dita, prestes quem sabe a ser dita. 
Tem o peso de uma lembrança.
Tem o peso de uma saudade. 
Tem o peso de um olhar. 
Pesa como pesa uma ausência.
E a lágrima que não se chorou. 
Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros.”


C. Lispector