quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Soy...

Imagem: Arquivo Pessoal
Não, não ofereço perigo algum: sou quieta como folha de outono esquecida entre as páginas de um livro, definida e clara como o jarro com a bacia de ágata no canto do quarto - se tomada com cuidado, verto água límpida sobre as mãos para que se possa refrescar o rosto, mas se tocada por dedos bruscos num segundo me estilhaço em cacos, me esfarelo em poeira dourada.  

Caio Fernando Abreu




5 comentários:

  1. Olá!!!!
    Gostei de tudo o que vi aqui: textos, imagens... Aliás, você escreve muito bem!
    Voltarei sempre!!!
    Beijinhos!!!!

    ResponderExcluir
  2. Olá Peônia,
    Cheguei aqui através de outro blog e adorei! A começar pelo nome: Serendipity.
    Seu blog é visualmente lindo e o conteúdo é ótimo!
    Já virei seguidora.
    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Vengo del blog de Recanto do Sol de Vera Lucia y me ha encantado tu Rincón; por lo cual, si no te importa me gustaría ser Seguidor de tan bello Espacio, lleno de Magia, Sensaciones y Fantasía.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  4. Olá Peônia,
    Obrigada pela visita.
    Abraço

    ResponderExcluir