quarta-feira, 15 de maio de 2013

Anseio

Imagem: Google

“[...] No segundo andar deste prédio, a escada conduz à entrada de um apartamento que é, sem dúvida, ainda mais limpo e mais asseado que os demais, pois esse pequeno vestíbulo resplandece de um cuidado sobre-humano e ergue-se como se fora um brilhante templo da ordem. Sobre o assoalho encerado, onde se teme pisar de tão brilhante, estão colocados dois elegantes tamboretes e sobre cada um deles um vaso de plantas; num cresce uma azálea e no outro um pinheirinho, uma árvore anã, magnífica, sadia e vigorosa, da maior perfeição, cujas últimas agulhas no extremo dos ramos brilham de frescor e limpeza. Às vezes, quando não estou sendo observado, uso esse lugar como um templo. Sento-me num degrau da escada acima do pinheirinho e, descansando um pouco, as mãos juntas, contemplo esse pequeno jardim da ordem e deixo que sua aparência enternecedora e sua solidão um tanto ridícula me comovam até às profundezas da alma. Fico imaginando que além daquele vestíbulo, sob a sagrada sombra, por assim dizer, do pinheirinho, existe um lar cheio de móveis de mogno lustrosos e uma vida saudável e plena...”. 


[O lobo da estepe – Hermann Hesse]







sábado, 4 de maio de 2013

Joy

Imagem: Google 

"Quando permaneço muito tempo dormente,
Sem perceber as suas muitas bênçãos,
Então, por favor, acorde-me
E cante para mim o seu cântico alegre."

Mechthild de Magdeburg